ANAPU E SUA HISTÓRIA – EMANCIPADO PELA LEI ESTADUAL DE Nº.  5.929 DE 28 DE DEZEMBRO DE 1995 – SANCIONADA PELO ENTÃO GOVERNADOR ALMIR GABRIEL

1ª LEGISLATURA – 1997/2000

PREFEITO-LUIZ DOS REIS CARVALHO - PL

VICE-PREFEITO - UELBER DE OLIVEIRA SANTOS - PP

VEREADORES:

  1. ERONILDES TORRES NETO – PSDB -1º PRESIDENTE E 3º PRESIDENTE
  2. ROMERO BATISTA DE MEDEIROS - PT
  3. JOÃO BENTO FERREIRA – PSC -2º PRESIDENTE (IN MEMORIAN)
  4. AMÉRICO FERREIRA DO NASCIMENTO - PSDB
  5. GERSON ALDERICO COUTINHO - PSDB
  6. DIOCIDIO PEREIRA DE SOUZA -PSC
  7. JOÃO LOURENÇO GOMES - PSDB
  8. LUCAS CARLOS DA SILVA - PSDB
  9. JOÃO FERREIRA CAVALCANTE - PT

2ª LEGISLATURA – 2001/2004

PREFEITO-JOÃO SCARPARO - PSDB

VICE-PREFEITO- FRANCISCO DE ASSIS DOS SANTOS  SOUSA -PT

VEREADORES:

  1. ROMERO BATISTA DE MEDEIROS – PT -1º PRESIDENTE
  2. ERONILDES TORRES NETO - PSDB
  3. LUIZETE OLIVEIRA SANTOS – PTB- 2º - PRESIDENTE
  4. LAURA HINTZ DE OLIVEIRA - PV
  5. GERSON ALDERICO COUTINHO - PP
  6. PAULO ANACLETO - PSC
  7. ALEXANDRE DOS SANTOS DA SILVA - PTB
  8. MANOEL ALVES DOS SANTOS -PT
  9. ADEZUITO TEIXEIRA BRAGA - PT

3ª LEGISLATURA – 2005/2008

PREFEITO-LUIZ DOS REIS CARVALHO -PTB

VICE-PREFEITO- MEIRE GONÇALVES DE SOUSA -PSC

VEREADORES:

  1. JURANDIR PLINIO DE SOUSA – PP- 1º PRESIDENTE
  2. ROMERO BATISTA DE MEDEIROS – PT- 2º PRESIDENTE
  3. JOÃO GOMES DE SOUSA - PTB
  4. LUIZETE OLIVEIRA SANTOS - PTB
  5. JOÃO BATISTA BRITO SOUSA - PRTB
  6. PAULO ANACLETO- PMDB
  7. APOLINÁRIO FARIAS DA SILVA -PSDB
  8. MANOEL ALVES DOS SANTOS - PT
  9. JOÃO CHAGAS DA SILVA - PTB

4ª LEGISLATURA – 2009/2012

PREFEITO-FRANCISCO ASSIS DOS SANTOS SOUSA -PT

VICE-PREFEITO- LAUDELINO DÉLIO FERNANDES -PTB

VEREADORES:

  1. ROMERO BATISTA DE MEDEIROS – PT- 1º PRESIDENTE
  2. LUIS SENA SILVA – PT -2º PRESIDENTE
  3. VANDA BEZERRA DA SILVA - PSC
  4. NEILIENE SOUSA OLIVEIRA CHAVES - PDT
  5. JOÃO BATISTA BRITO SOUSA - PMDB
  6. ALEXANDRE DOS SANTOS DA SILVA - PRTB
  7. ARLON GAVIÃO DE CARVALHO - PMDB
  8. RAIMUNDO DE LIMA SILVA - PDT
  9. GERSON ALDERICO COUTINHO - PP

5ª LEGISLATURA – 2013/2016

PREFEITO-JOÃO BATISTA PEREIRA DA SILVA - PSDB

VICE-PREFEITO- ORLANDINO SILVA DE CARVALHO -PMDB

VEREADORES:

  1. ROMERO BATISTA DE MEDEIROS – PT- 1º PRESIDENTE
  2. VANDA BEZERRA DA SILVA – PSC – 1ª SECRETÁRIA
  3. JEAN CLEBER CAVALCANTEDEARAÚJO – PT - 2º SECRETÁRIO
  4. JOÃO BATISTA BRITO SOUSA - PSD
  5. RAIMUNDO ALVES PEREIRA-PSL
  6. MANOEL ALVES DOS SANTOS - PT
  7. REGESON COSTA SILVA- PRTB
  8. EPAMINONDAS DEJESUSSILVA- PSDB
  9. JOÃO CARLOS GONÇALVES CHAVES-PDT

Anapu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Ir para: navegação, pesquisa

Município de Anapu


O centro de Anapu, com a BR-230 (ou Rodovia Transamazônica) à esquerda.

Hino
Aniversário 28 de dezembro
Fundação 28 de dezembro de 1995
   
   
Localização

Localização de Anapu no Pará

Localização de Anapu no Brasil

03° 28' 19" S 51° 11' 52" O
Unidade federativa Pará
Mesorregião Sudoeste Paraense IBGE/2008[1]
Microrregião Altamira IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Portel (norte); São Félix do Xingu (sul); Pacajá e Novo Repartimento (leste); Senador José Porfírio e Vitória do Xingu (oeste)
Distância até a capital 374 km
Características geográficas
Área 11 895,212 km²[2]
População 20 493 hab.IBGE/2010[3]
Densidade 1,72 hab./km²
Altitude 96 m
Clima Equatorial
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH 0,645 médio PNUD/2000[4]
PIB R$ 76 760,251 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 3 954,68 IBGE/2008[5]

Anapu é um municípiobrasileiro do estado do Pará. Localiza-se a uma latitude 03º28'20" sul e a uma longitude 51º11'52" oeste, estando a uma altitude de 96 metros. Sua população estimada em 2004 era de 7 271 habitantes. Possui uma área de 11951,79 km². A cidade é reconhecida em todo o mundo por ter sido o local de assassinato da missionária estadunidenseDorothy Stang, no caso que ficou conhecido como o caso Dorothy Stang.

Índice

História

O topônimo Anapu provém do Rio Anapu, cujo nome provém do tupi 'anã', que significa Forte, Grosso e 'pu', ruído: ruído forte. Acredita-se o nome se deve ao barulho produzido pelo volume d'água do rio.[6].

O município de Anapu tem suas origens na ocupação da Amazônia induzida pelo Plano de Integração Nacional e a construção do trecho Marabá-Altamira da Transamazônica.

O município foi criado pela lei estadual 5929 de 28 de dezembro de 1995, desmembrado de Pacajá e senador José Porfirio e instalado em 1 de janeiro de 1977.

Atividades econômicas

Referências

  1. abDivisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. abProduto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
  6. Anapu. IBGE. Documentação Territorial do Brasil.

Anapu é um município brasileiro do estado do Pará. Localiza-se a uma latitude 03º28'20" sul e a uma longitude 51º11'52" oeste, estando a uma altitude de 96 metros. Sua população estimada em 2004 era de 7 271 habitantes. Possui uma área de 11951,79 km². Índice esconder 1 História 2 Atividades econômicas 3 Referências 4 Fontes História O topônimo Anapu provém do Rio Anapu, cujo nome provém do tupi 'anã', onde significa Forte, Grosso e 'pu', ruído: ruído forte. Acredita-se o nome se deve ao barulho produzido pelo volume d'água do rio.6. O município de Anapu tem suas origens na ocupação da Amazônia induzida pelo Plano de Integração Nacional e a construção do trecho Marabá-Altamira da Transamazônica. O município foi criado pela lei estadual 5929 de 28 de dezembro de 1995, desmembrado de Pacajá e senador José Porfirio e instalado em 1 de janeiro de 1977. Atividades econômicas lavoura permanente: banana, cacau, café, coco-da-baía, mamão, manga, pimenta-do-reino e urucum. lavoura temporária: abacaxi, arroz, cana-de-açúcar, feijão, mandioca, melancia, milho, sorgo, tomate. pecuária: rebanho bovino. extração vegetal e silvicultura: açaí, castanha-do-pará, carvão vegetal, lenha e madeira.

ANAPU
Nascido da Integração Nacional


Localizado na margem da Rodovia Transamazônica, o município de Anapu tem as suas origens relacionadas com a construção da própria rodovia, na década de 70, e com o Programa de Integração Nacional (PIN). O que antes era uma vila hoje é um município com mais de 20 mil habitantes e uma área de 11 mil quilômetros quadrados, rica em recursos naturais, principalmente florestal.

Na década de 70, o objetivo do PIN era o de desenvolver um grande Programa de Colonização e Reforma Agrária dirigido à Amazônia, trazendo trabalhadores sem terra de diversos pontos do Brasil, em especial do Nordeste. A rodovia Transamazônica constituía-se no eixo ordenador de todo o Programa e no Pará o trecho Marabá-Altamira foi objeto de planejamento e investimento especial.

Anapu foi elevado à categoria de município em 28 de dezembro de 1995, desmembrado dos municípios de Pacajá e Senador José Porfírio, instalado em janeiro de 1997. O nome é uma referência ao Rio Anapu. A cidade, localizada há 120 quilômetros de Altamira, possui alguns serviços públicos básicos, como rede de Ensino Fundamental, com 4.300 alunos matriculados em 2008.

Governado pelo prefeito Francisco de Assis (Chiquinho do PT), Anapu possui um rebanho bovino de mais de 170 mil cabeças de gado e se destaca na produção de grãos, mandioca e, principalmente, na produção florestal. Na produção agrícola o destaque é para produtos como banana (19 mil toneladas em 2008), cacau (696 toneladas em 2008) e café (mil toneladas).

O município possui diversos assentamentos rurais e Projetos de Desenvolvimento Sustentáveis (PDS), uma iniciativa que une a produção agrícola com a preservação florestal e o manejo comunitário. Nesta área, Anapu conta com iniciativas promissoras no País em termos de manejo florestal sustentável.

No que se refere ao rendimento familiar per capita, Anapu possui a maior parte de suas famílias concentradas na classe “até meio salário mínimo” (28,23%,) seguida da classe “mais que meio até 1 salário mínimo”(25,86%) e da “sem rendimentos” (25,44%). A proporção de famílias sem rendimento ou com rendimento de até 1 salário mínimo situa-se abaixo daquela registrada no Estado e acima do País.